Um “Porto” de ideias, talento e inovação.

O Porto é hoje mais que um destino turístico. Nomeada em 2017 como “European Best Destination”, a cidade tem visto um crescente movimento de turistas internacionais que esgotam hotéis e animam ruas, atraídos pelo carisma de uma arquitetura única, pela riqueza dos vinhos e gastronomia, pela hospitalidade e simpatia dos nortenhos.
Mas o Porto é agora muito mais que isso.

“Além do turismo, temos assistido a um aumento do investimento estrangeiro na cidade. São cada vez mais as empresas internacionais que escolhem a nossa cidade para acolherem os seus escritórios – o que torna o Porto uma das cidades com um maior número de ofertas de trabalho no nosso país.”

JLL Portugal_Francisca Penha_Um Porto de ideias, talento e inovação. Escritorios porto

O Porto é para muitas empresas uma boa aposta para o desenvolvimento do seu talento; uma cidade segura para viver e lugar de oportunidade para os negócios.

Mas o que faz da cidade um “Porto” de talento?

Em primeiro lugar, a cidade tem mais de 40 instituições de ensino superior, estando algumas destas escolas cotadas entre as melhores da Europa.

Depois, em termos de acessos, a cidade dispõe de uma excelente rede, não só rodoviária mas também aérea (com um aeroporto internacional de referência que oferece voos diários para a maioria das cidades europeias) e marítima (o porto de Leixões é hoje um dos maiores da Península Ibérica e conta, recentemente, com um moderno terminal de cruzeiros).

A qualidade das infraestruturas de escritórios é também um fator de decisão para muitos dos investidores internacionais que veem na cidade do Porto uma oportunidade para o seu negócio. E, apesar da recente crise económica atravessada pelo país ter levado à estagnação na construção de edifícios, a recuperação tem sido rápida e notável.

Estão a ser lançados projetos de construção ou de reabilitação de edifícios com um cunho inovador e que tornam os escritórios num lugar de destaque na vida dos colaboradores: os novos escritórios são marcados por uma arquitetura própria e um design que transforma e humaniza estes espaços. É preciso olhar e perceber o contexto do escritório como uma fusão da vida com o trabalho, e criar um ambiente que faça com que os colaboradores se sintam envolvidos no mundo da organização ao mesmo tempo que cria um equilíbrio com as suas vidas – é a verdadeira work-life balance experience, um local com espaços acolhedores, que ofereçam possibilidades de convívio, troca de ideias e momentos de brainstorming, criatividade e relaxamento, no fundo, locais onde é agradável trabalhar.

E, no Porto, há já grandes exemplos destes espaços. A chegada de empresas internacionais – como são os casos da Natixis, Sitel e Leica ou mesmo a Mercadona – faz com que hoje a cidade seja reconhecida como um local dinâmico e tecnológico, onde é possível encontrar talento altamente qualificado… e onde é possível trabalhar de forma diferente, num espaço diferente!

Sobre o autor

Francisca Penha Consultora de Office Agency

Francisca Penha é natural do Porto, cidade que define como “a sua” e onde se sente em casa. Foi aqui que, após o ensino secundário, completou a licenciatura em Som e Imagem na Universidade Católica Portuguesa, e, depois de uma experiência de mobilidade na Universidade de Plymouth, Reino Unido, realizou estudos pós-graduados em Gestão da Indústrias Criativas e em Marketing Digital. Ingressou na JLL em 2013, inicialmente no departamento de Gestão de Imóveis, e, desde há três anos, integra o departamento de Office Agency como consultora.

Partilhe este post

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*